Vales simplificados
27 de Julho de 2015
Decorrem até Março de 2016 as candidaturas aos vales simplificados para os quais a Teamvision é a entidade creditada. Leia abaixo a crónica do mês sobre este tema.
Vales simplificados

"Entre elas falamos de empresas que de alguma forma pretendem desenvolver os seus negócios, mas cujos valores de investimento inicial de que necessitam não chegam aos valores de investimento mínimo exigido nas restantes linhas. É sobretudo neste sentido que surgem outras linhas, os “Vale”, que se destinam, de uma forma simplificada, à aquisição de serviços de consultoria em áreas específicas, por parte de PME, a entidades devidamente certificadas para o efeito.

Em todas estas linhas, o incentivo assume a forma de não reembolsável ou fundo perdido, com limite máximo de 15.000€ por projeto, considerando uma taxa máxima de cofinanciamento de 75%.

Neste âmbito, esses serviços de consultoria dividem-se em 4 áreas principais, sendo elas:

  • Vale Empreendedorismo (serviços de consultoria na área de empreendedorismo, indispensáveis ao arranque de empresas, como os relacionados com a elaboração de planos de negócios e na área da economia digital) - Valorizam-se os projetos em setores de alta e média-alta tecnologia e em bens e serviços intensivos em conhecimento e a empresa deverá ter menos de 2 anos de existência;
  • Vale Internacionalização (serviços de consultoria na área de prospeção de mercado - estudos de mercado, aquisição de informação e consultoria especifica; realização de ações de prospeção e a captação de novos clientes, através de deslocações, alojamento, aluguer de espaços e equipamentos, decoração de espaços promocionais e serviços de tradução, associadas a ações de prospeção realizadas em mercados externos) – destinados a PME que não tenham iniciado o seu processo de internacionalização ou, tendo já iniciado, não registam atividade exportadora nos últimos 12 meses em relação à data da candidatura, devendo a empresa deter também, no mínimo, 3 postos de trabalho;
  • Vale Inovação (serviços de consultoria de inovação, abrangendo as atividades de consultoria de gestão, assistência tecnológica, consultoria na área da economia digital, consultoria para aquisição, proteção e comercialização de direitos de propriedade intelectual e industrial e para acordos de licenciamento, consultoria relativa à utilização de normas e serviços de ensaios e certificação) – a empresa deve deter, no mínimo, 3 postos de trabalho;
  • Vale I&DT (serviços de consultoria em atividades de investigação e desenvolvimento tecnológico, bem como serviços de transferência de tecnologia) - a empresa deve deter, no mínimo, 3 postos de trabalho, e o investimento mínimo elegível é de 5.000,00€;

Importa referir que estes serviços elegíveis a que as empresas promotoras se podem candidatar, deverão ser executados no prazo máximo de 12 meses (sempre posteriormente à data da candidatura), nunca ultrapassando os 20.000,00€. Além disso, a empresa deve possuir uma situação líquida positiva, podendo ser uma PME de qualquer forma e natureza jurídica.

O prestador do serviço deverá ser uma entidade acreditada para efeitos do programa (existe no Balcão 2020 uma candidatura própria para essa acreditação), e o promotor deve demonstrar a consulta a pelo menos 2 entidades acreditadas.

Não deixe de aproveitar mais este incentivo para poder desenvolver a sua empresa!"